Movimento Cívico pela Linha do Tua – João Branco

15/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Na sua intervenção no debate promovido pelo Movimento Cívico da Linha do Tua no passado dia 17 de Janeiro de 2009, João Branco da Quercus refere as diferentes incoerências entre o que se tem dito e escrito sobre o projecto da barragem de Foz Tua e o que tem sido feito.

Aponta nomeadamente a questão de o próprio Estudo de Impacto Ambiental referir que “os impactos socio-económicos para a regiao são muito negativos”, e questiona a valia do facto de a barragem ter um impacto positivo a nível nacional ser tão considerado na medida em que “o distrito de Bragança é uma das regiões mais pobres de Portugal e uma das mais pobres da Europa”.

Destaca ainda a importância que uma ligação do Douro a Puebla de Sanabria poderia ter no desenvolvimento de Turismo da Natureza associado ao Parque de Montesinho e numa óptica de complementaridade da oferta turística do vale do Douro.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .
Duração Total: 08.10
Leia o resto deste artigo »

“O Fim da Contabilidade Tradicional” – Ilídio Faria

14/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Software as a Service, Contabilidade 2.0 e Gestão são os temas que Ilidio Faria apresenta em “O Fim da Contabilidade Tradicional” no Portugal Ignite #2 realizado a 27-nov-2009 no Porto.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 06:50

“Coisas bem feitas…” – David Cardoso

13/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Eficiência ou Eficácia? Fazer as coisas bem feitas ou fazer as coisas certas?
Numa divertida apresentação no âmbito do Portugal Ignite #2 realizado no Porto em 27-nov-2009, David Cardoso fala-nos de “Coisas bem feitas…” porque nas empresas, como na vida pessoal, nem sempre é suficiente fazer as coisas bem feitas.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 05:47

“Como publicar um livro em Portugal” – Hugo Costeira

12/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Como escrever em Portugal não é difícil, difícil é publicar, Hugo Costeira na sua apresentação no Portugal Ignite #2 realizado no Porto em 27-nov-2009 explica-nos “Como publicar um livro em Portugal” e demonstra que, quando queremos, é possível cumprir e realizar os nossos sonhos.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 05:29

“Open Innovation” – Luís Pinheiro

11/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Luís Pinheiro fala de “Open Innovation”, um modelo que valoriza as relações com o exterior e não só dentro da empresa e que pode servir de acelerador do processo de inovação.
Esta apresentação foi dada numa sessão do Ignite Portugal #2 realizado no Porto em 27-nov-2009.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 05:05

“Living with Passion: “The Porto Way!” ” – Rui Henriques

10/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Porto is Passion é o que nos diz Rui Henriques na apresentação “Living with Passion: “The Porto Way!”.
Na sua apresentação no Portugal Ignite #2 realizado no Porto em 27-nov-2009, Rui Henriques revê as diferentes características que tornam o Porto uma paixão, como a sua ligação ao mar, os museus, espaços verdes, Casa da Música, Universidade do Porto, entre outros.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 03:17

“Como aprender com as marcas próprias” – Paulo Dias

09/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Numa altura em que as grandes marcas tentam subir ainda mais na cadeia de valor e passar para a gestão de marcas, Paulo Dias prefere perguntar “Como aprender com as Marcas Próprias”.
Na sua apresentação no Portugal Ignite #2 realizado no Porto a 27-nov-2009, Paulo Dias valoriza a marca própria até porque “marca propria domina o seu espaço, a marca propria é que manda naquilo que põe nas suas lojas, o espaço que atribui, o preço que põe e o sortido que tem”. Referindo ainda que a marca própria e os distribuidores são quem contacta diariamente com o seu consumidor o que pode ser uma vantagem muito grande nos dias que passam.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 05:42

“Pode a Ibéria ser um mercado único para uma start-up?” – Iago Soto Mata

08/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Na sua apresentação “Pode a Ibéria ser um mercado único para uma start-up?”, no Portugal Ignite #2 realizado no Porto em 27-nov-2009, Iago Soto Mata explica como a sua empresa vê o mercado ibérico como um único mercado e qual a sua estratégia para conseguir estar totalmente integrado nos dois mercados.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração Total: 05:19

“Como ter uma empresa sem realmente a ter” – Carlos Gonçalves

07/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

Virtualização não implica despersonalização. Esta é uma das mensagens que Carlos Gonçalves deixa na sua apresentação “Como ter uma empresa sem realmente a ter” no âmbito do Portugal Ignite #2 realizado no Porto a 27-nov-2009.
Numa altura em que conseguimos trabalhar em todo o lado a virtualização das empresas e virtualização dos negócios pode ser uma oportunidade para reduzir custos fixos, aumentar a flexibilidade e focalizar no que interessa que são os resultados.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração total: 05:38

“A senhora da limpeza que ganhava comissões…” – Luís Cochofel

06/12/2009

Mudamo-nos para www.oportoemconversa.com

“A senhora da limpeza que ganhava comissões…” ou como ter ideias e ser inovador não é um privilégio só de alguns, é o que nos propõe Luis Cochofel na sua apresentação no Ignite Portugal #2 realizado no Porto a 27-nov-2009.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

Duração total: 05:17